quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mais uma pesquisa em prol do screw cap!

Mulheres e jovens preferem o uso de screwcap em detrimento a rolha de cortiça/sintética

Esta conclusão foi tirada do último relatório divulgado pela Wine Intelligence, que também afirma que este tipo de fechamento também tem ganhado terreno como um produto líder nos Estados Unidos e Reino Unido.

O relatório da Wine Intelligence também revela que a aceitação geral da tampa de rosca  entre consumidores americanos de vinho, medidos como a combinação daquelas pessoas que dizem que gostam deste tipo de "rolha" e aqueles que são neutros sobre o screwcap, subiu para uma nova alta de 70%, acima dos 59% em 2008, sugerindo que o screw-caps esta a caminho de se tornar um produto mainstream em um dos maiores mercados do mundo de vinhos.

As mulheres e os consumidores entre 18 e 34 têm mais probabilidade de achar a compra de uma garrafa de vinho com tampa de rosca aceitável, enquanto que os homens e os consumidores entre 45 e 54 anos são os menos propensos a aceitar este tipo de fechamento em suas garrafas.

Apesar do crescimento da aceitação da tampa de rosca , a cortiça natural mantém o seu domínio como o fechamento de vinho mais aceito  entre os consumidores americanos de vinho, e a cortiça sintética também permanece amplamente aceita, com ambos os fechamentos mostrando níveis consistentes de afinidade e aceitação ao longo dos últimos quatro anos.

A questão dos mercados

No caso do Reino Unido, a aceitação da tampa de rosca subiu para 85% em relação aos últimos oito anos entre a população consumidora de vinho. E isto comparado com apenas 41% dos consumidores que aceitavam a idéia deste tipo de fechamento das garrafas em 2003. No mesmo período, a afinidade com a tampa de rosca foi de apenas 6% a 42%, de acordo com o relatório da Wine Intelligence.

Assim como nos EUA, onde os maiores propulsores desta aceitação parecem ser os consumidores de vinho do sexo feminino na faixa entre o 30 e os 40anos, que compram vinhos regularmente em supermercados para beber em casa. Há também um forte apoio para as screw caps entre os consumidores mais jovens que entraram recentemente na categoria de vinho.

Richard Halstead, COO da Wine Intelligence e autor do relatório, disse: "Este ano, a visão do consumidor sobre o screw cap mudou fundamentalmente nos últimos 8 anos. De um mercado que estava ativamente céticos e em alguns casos hostil para com as tampas de rosca, agora temos uma situação onde eles são a norma e não a excepção ".

E você, leitor do meu balaio, o que acha? Encara com normalidade e tranquilidade quando um vinho que lhe foi oferecido/indicado usa screwcap ou ainda tem algum preconceito com este tipo de encapsulamento? Deixem suas opiniões!


Até o próximo!

Um comentário:

  1. Screw cap apenas para vinhos que não melhoram com o amadurecimento.

    ResponderExcluir