sábado, 14 de janeiro de 2012

Zuccardi Serie A Malbec 2010

Na última quinta feira tive a oportunidade de participar de mais uma degustação da série que tem sido promovida pelo jornalista Beto Duarte, e que farão parte da base de dados para o guia de vinhos do mercado nacional degustados às cegas que ele está escrevendo. Agora o tema era vinhos argentinos. E como sempre entre destaques e boas oportunidades, vou falar sobre alguns dos vinhos que eu considerei muito bons e que são uma boa opção de compra.


A Família Zuccardi já tem muita tradição e goza de muito prestígio quando falamos de vinhos argentinos e de Mendoza, tendo chegado por lá em meados dos anos 50, e tendo passado por diversas mudanças em seus negócios até chegarem na atual configuração em meados dos anos 80. Eles trabalham com uma boa diversidade de produtos, sendo que a linha Serie A se situa como a linha de entrada da vinícola, e nem por isso  perde em qualidade. O vinho é elaborado com uvas 100% Malbec vindos de 3 vinhedos diferentes em Mendoza sendo que após o processo de vinificação, 70% do vinho passa por carvalho de primeiro, segundo e terceiro usos por aproximadamente 10 meses antes de ser engarrafado. Vamos as impressões.

Na taça o vinho apresenta uma bonita cor violácea profunda, com pouca transparência. Lágrimas finas, de certa maneira lentas e levemente coloridas completam o aspecto visual.

No nariz o vinho mostrou aromas de figo, chocolate ao leite, leve pimenta e um toque floral. Todos aromas muito intensos porém sem serem agressivos. Boa complexidade.

Na boca o vinho tinha um corpo médio, boa acidez, taninos finos, redondos e bem fundidos ao vinho. Trazia muita fruta e chocolate no retrogosto  tinha um final com certo dulçor, bem prolongado (o vinho tem 14,8% de álcool, imperceptível a não ser por este dulçor final).

Começamos bem esta série de vinhos argentinos com este belo exemplar da uvas símbolo argentina. É sinal de que nem sempre os vinhos desta uva são aqueles monstros amadeirados e de certa maneira cansativos e pesados, podendo também existir vinhos de excelente qualidade a preços não tão altos. Eu recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário