sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Toscana: um guia rápido para seus principais vinhos

Eu sempre penso com muita saudade e carinho sobre minha lua de mel no último mês de Abril, quando fiz uma viagem incrível pela Itália, mais especificamente pela região da Toscana. A região é conhecida por sua gastronomia, por seus vinhos, artistas, herança cultural, sobrenomes italianos famosos das famílias que viveram ou ainda vivem na região e pelo visual deslumbrante. Pensando nisto e com base no que vi e experimentei de vinhos por lá, resolvi fazer um pequeno apanhado dos principais vinhos da região. E esta tradição vem de muito tempo atrás, provavelmente desde a época dos etruscos na região.


Não é de hoje que não exista uma refeição, seja almoço ou jantar, na Toscana que não tem como acompanhamento uma garrafa de vinho, conforme a tradição manda. Se você não está muito familiarizado com os vinhos da região, espero que este pequeno guia lhe ajude nos primeiros passos. O mais conhecido deles são os vinhos tintos de Chianti , o Brunello di Montalcino, o Nobile di Montepulciano, e os chamados Super Toscanos, conforme veremos abaixo:

Chianti Classico : A área entre Florença até Siena, toda coberta de vinhas e olivais, é uma das mais famosas regiões vitivinícolas do mundo. Embora feito a partir da uva Sangiovese local, vinhos Chianti podem variar muito de um para o outro. Alguns produtores adicionam frequentemente outras variedades de uva com a Sangiovese , enquanto outros preferem métodos mais tradicionais . Existem alguns nomes famosos , mas a melhor coisa a fazer é explorar a região e provar vinhos diretamente de pequenos produtores de vinho.

Brunello di Montalcino : a bela cidade montanhosa de Montalcino é famosa em todo o mundo pelo seu precioso vinho vermelho rubi. Foi durante a metade do século 19 que Clemente Santi começou a fazer experiências com o plantio de clones da Sangiovese na região. Hoj , depois de mais de um século de experimentações, é um dos vinhos mais famosos e caros da Itália. Definitivamente o vinho para ocasiões muito especiais!

Nobile di Montepulciano: Este vinho vem das vinhas cênicas em torno Montepulciano, cidade maravilhosa na colina localizada ao sudeste de Siena. É feito a partir de uvas Sangiovese, com Canaiolo como opcional, e outras variedades locais da província de Siena.

Vernaccia di San Gimignano: Apesar da Toscana produzir vinhos tintos, há alguns bons vinhos brancos, como de fato o Vernaccia di San Gimignano, o primeiro vinho a ganhar a denominação DOC em 1966.

Super Toscanos: Na década de 1960 algumas vinícolas decidiram experimentar usando castas internacionais, como Cabernet Sauvignon e Merlot. Estes vinhos, como o Bolgheri, Sassicaia e Ornellaia, não podem possuir denominação DOCG (denominação de origem controlada e garantida), como aliás, tem todos os vinhos descritos acima, mas classificação entre os vinhos mais requisitados e incrivelmente caros do mundo.

Vamos a Toscana? Conhecedor de vinhos ou não, eu recomendo a viagem!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário