sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Talinay Chardonnay 2012: Para o norte do Chile e avante!

Seguindo com a degustação guiada da Masterclass "Os Extremos do Chile" rumamos agora quase 1000km e nos encontramos na costa fria do Norte do Chile, onde a Viña Tabalí tem alguns de seus vinhedos, no Vale do Limarí e produz o seu Talinay Chardonnay 2012.


A Viña Tabalí iniciou suas plantações de vinhas em 1993, no promissor Vale do Limarí (norte do Chile). Sua proximidade com o deserto do Atacama e também a proximidade do Oceano Pacífico (apenas 29 km), o céu claro e puro, dias quentes e noites frescas, os quase 180ha de solo muito calcário, juntamente com argila e pedras resultam em um terroir excepcional para a elaboração de vinhos Premium e Super Premium.

Já o vinho Talinay Chardonnay 2012 é constituído de 100% de uvas Chardonnay colhidas de um vinhedo único do Chile, situado em um pequeno vale e quase dentro do mar. Segundo o produtor, o solo onde está tal vinhedo é único no Chile: é plantado sobre solos calcários e de pedra calcária. Existe ainda a presença quase constante de brias marítimas (dada sua proximidade do mar) sendo a região dentro do Vale do Limarí com as menores temperaturas fazendo com que se retarde um pouco a colheita destas uvas. A colheita é feita manualmente e uma criteriosa seleção de cachos é empregada para que somente as melhores uvas passem pelo processo fermentativo. Tais uvas são fermentadas em barricas de carvalho francês. Em seguida, o vinho passa por 11 meses em tais barricas para afinamento. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma bonita coloração amarelo palha com reflexos verdeais, bom brilho e muita transparência. 

No nariz o vinho mostrou aromas de abacaxi, manteiga, pimenta e fósforo.

Na boca o vinho se mostrou de corpo médio para encorpado, boa untuosidade e excelente acidez. Retrogosto confirma o olfato e adiciona um toque mineral. O final é de média para longa duração.

Outro grande vinho branco chileno, desta vez feito com a casta Chardonnay, que como disse o sommelier Héctor Riquelme (não exatamente com estas palavras): "os vinhos com a uva Chardonnay no Chile estão deixando de ser aquela mesmice, muita extração e muita madeira, para se tornarem novamente curiosos e interessantes". Eu endosso e recomendo a prova. 

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário