segunda-feira, 23 de março de 2015

Château Saint Roch Côtes du Rhône 2012: À francesa!

Inspirados por um final de semana mais tranquilo em casa, resolvemos que iríamos inovar e fazer uma receita diferente (que não havíamos testado ainda). Depois de pensar e pesquisar por um tempo, chegamos a uma conclusão: iríamos fazer um boeuf bourguignon. Com o prato escolhido era hora de voltarmos a atenção ao vinho que iriamos beber para acompanhar o prato. Muito se diz no mundo do vinho que nada mais interessante do que juntar a culinária e a bebida local para se ter um casamento legal. Ao buscar vinhos franceses em minha adega (donde vem também a receita), percebi que não tinha nada da Borgonha. Foi ai que achei o Château Saint Roch Côtes du Rhône 2012 e pensei, por que não? Dito e feito.


O vinho é produzido pelo Château Saint Roch, umas das propriedades da família Brunel. A simples assinatura da família, também proprietária do Château de La Gardine, já impõe respeito e remete a qualidade dos vinhos. Sua tradição na indústria vitivinícola começa em meados do século 17 e está enraizada no Rhône e suas proximidades. Ainda sobre o Château Saint Roch Côtes du Rhône 2012, podemos acrescentar que o vinho é um corte de 70 % de Grenache, 15% de  Syrah e 5% de Cinsault sem passagem por madeira. Vamos as impressões?

Na taça o vinho mostrou um bonita cor violácea de média para grande intensidade, bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas, em boa quantidade e coloridas tingem as paredes da taça.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos escuros, toques animais e lembrança mineral.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez e taninos finos e granulares, quase mastigáveis. Retrogosto confirma o olfato e o final era de longa duração.

Um delicioso e despretensioso vinho do Rhône e a um custo bem acessível. Combinou bem com o prato escolhido e foi alegria enquanto durou a garrafa. Eu recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário