segunda-feira, 27 de abril de 2009

Final fenomenal no domingo

Não iria deixar passar em branco a primeira partida das finais do Campeonato Paulista por razões óbvias, ainda mais depois do show de Ronaldo e sua trupe.

A partida disputada na Vila Belmiro tinha tudo para ser um grande jogo, como de fato o foi. Desde o palco, eternizado por Pelé e companhia, a Vila Belmiro ficou muito bonita para a primeira parte da festa de encerramento do campeonato. E para aqueles que tiveram o privilégio de estarem lá presentes, o sacrifício valeu a pena.

No primeiro tempo, a equipe comandada por Mano Menezes soube segurar o ímpeto adversário e começou a construir o resultado já aos pouco mais de 11 minutos com bela cobrança de falta de Chicão, o zagueiro artilheiro do Timão. Mas tinha muito mais por vir. O Corínthians continuava a apostar num esperto jogo de contra ataques, quando numa rebatida de bola, Ronaldo com extrema habilidade dominou a redonda e concluiu sem chances para o goleiro Fábio Costa. Parecia que o jogo seria mais fácil. Só parecia. A partir de então o time do Santos se organizou em campo e teve início um jogo um pouco mais equilibrado onde o time do Santos, nos pés de Kléber Pereira, perdera ao menos duas boas chances de empatar a partida. Final de primeiro tempo e o Corinthians vencia por 2 x 0.

O segundo tempo se iniciou da mesma forma que terminara o primeiro, com um Santos com toda a sua força no ataque, porém agora com um facilitador: o Corinthians havia perdido um de seus melhores jogadores em campo até então por contusão, Jorge Henrique! E o abafa do Santos surtiu efeito em jogada de Triguinho pela esquerda: Corinthians 2 x 1 Santos. Mano Menezes percebeu que começava a perder o meio campo e o poder de marcação e colocou em jogo o volante Fabinho. Aos poucos o Corinthians começou a colocar a bola no chão e em uma rápida roubada de bola e jogada do volante/meia Elias, Ronaldo Fenômeno foi lançado em posição legal, driblou o lateral Triguinho e por cobertura, em uma pintura de gol a la Pelé, deu números finais ao jogo: Corinthians 3 x 1 Santos.

Resta agora ao Santos uma vitória por 3 gols de diferença para ser campeão, feito esse não muito fácil pois joga contra o time invicto do campeonato que em apenas 3 oportunidades tomou 3 ou mais gols sob o comando de Mano Menezes e que joga em casa no próximo domingo. Já para o Corinthians, uma derrota por até dois gols de diferença ainda o torna campeão paulista. E que venha domingo no Pacaembú para que o Corinthians e Ronaldo escrevam seu nome na história do futebol paulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário