quinta-feira, 9 de abril de 2009

E o Palmeiras respira...

Na noite de ontem tivemos o jogo mais importante do ano do futebol brasileiro até aqui, duelo brasileiro pela fase de grupos da Copa Santander Libertadores, entre Sport e Palmeiras, na Ilha do Retiro.

O Palmeiras entrou em campo pressionado por dois resultados negativos nas duas primeiras partidas desta fase do campeonato: derrotas para LDU do Equador e Colo Colo do Chile, sendo que esta última em pleno Parque Antártica. O time de palestra Itália precisava então de uma vitória para ainda respirar chances de classificação a primeira fase e não ser desclassificado prematuramente da Libertadores, grande objetivo do time no ano.

O jogo começou bastante truncado, com muita marcação e faltas pelo lado alviverde. É até contraditório pensar que o time do Palmeiras tenha atuado desta forma uma vez que o time é conhecido até aqui na temporada por ser um time ofensivo, com grandes problemas defensivos que nem o experiente jogador Edmilson consegiu sanar quando de sua contratação. Aos poucos porém, algumas poucas chances foram aparecendo para ambos os lados, o Sport pressionava porém com posse de bola estéril, e o Palmeiras explorava bem os contra-ataques e espaçõs deixados pelo time pernambucano. O goleiro Marcos vinha se destacando ajudando o Palmeiras nas vezes em que foi acionado, com defesas importantes como a que praticou no chute certeiro do zagueiro Igor. Mas quem foi mais objetivo foi o Palmeiras, que em jogada de bola parada cobrada por Cleiton Xavier e contando com o desvio de Maurício Ramos, abrindo o placar. Intervalo de jogo.

Na volta do intervalo o Sport tentou abrir mais o jogo, sendo mais ofensivo em busca do gol de empate. Keirrison, mais uma vez apagado em jogos decisivos, saiu do time quando Luxemburgo buscou um esquema mais defensivo para evitar a pressão do Sport e Marcos contiunou com partida impecável e evitando o gol de empate em belo chute de Paulo Baier. Mais uma vez a estrela palestrina brilhou e Diego Souza, um dos destaques do jogo, fez grande jogada individual e deu números finais ao jogo: Sport 0 x 2 Palmeiras. Jogo de volta semana que vem, desta vez no Palestra Itália.

O Palmeiras dormiu em terceiro do grupo, porém voltando com força em busca da vaga para as oitavas de final. Aguardemos os próximos capítulos desta saga.

Nota do balaio: Créditos da foto Agência EFE e site Lancenet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário