quarta-feira, 6 de maio de 2015

Cims Del Montsant Garnatxa I Samsó 2010

A cada vinho espanhol que tenho provado ultimamente, mais tenho me surpreendido e ficando com mais vontade de conhecer esse país e suas regiões vinícolas. Os vinhos que tenho provado em contra partida aos que conhecia até então pouco se parecem: os de hoje em dia tem muito mais classe, mais sabor e qualidades muito superiores. Não é a toa que tenho encontrado mais e melhores opções em todos os lugares que tenho frequentado, sejam feiras, degustações, lojas e afins. E hoje é dia de falarmos por aqui do Cims Del Montsant Garnatxa I Samsó 2010.


O vinho é produzido pela Cellers Baronia del Montsant, em uma região de paisagens difíceis e tortuosas, embrulhado pelo maciço Montsant. A bodega nasceu em agosto de 1998 na bonita vila de Cornudella de Montsant, em Tarragona. Esta área é reconhecidamente no mundo vitivinictultor como uma área de vinhos tintos, complexos e aveludados, sendo que a orografia característica da região, com inclinações acentuadas, torna difícil e duro o trabalho dos agricultores. Entre as variedades que mais aparecem por lá, podemos citar a Cabernet Sauvignon, Syrah, Merlot, Tempranillo (Ull de Llebre), Cariñena (Samsó) e Garnacha.

Sobre o vinho em si, Cims Del Montsant Garnatxa I Samsó 2010, podemos acrescentar que o nome Cims del Montsant remete ao topo de uma das mais emblemáticas cadeias montanhosas da Cordilheira de Montsant, cujos os picos tendem a atingir mais de 1.000 metros acima do nível do mar. É um blend das castas Grenache e Carignan com passagem de 5 meses em barris franceses e americanos. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma coloração rubi violácea de média intensidade, bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas e incolores faziam parte do conjunto visual também.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos escuros, vermelhos, especiarias, flores e algo de tostado.

Na boca o vinho se apresentou com médio corpo, boa acidez e taninos finos e macios. Retrogosto confirma o olfato e o final é de média para longa duração.

Mais um belo vinho espanhol que degustamos por aqui. Complexo e elegante, tem no equilíbrio e na harmonia de seus aromas e características sua principal característica. Recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário