quarta-feira, 27 de maio de 2015

Luis Felipe Edwards Seleccion de Familia Gran Reserva Merlot 2013

Na incessante busca por vinhos que, a preços acessíveis ao consumidor médio, possam entregar qualidade e prazer, continuo meu garimpo e posts relacionados ao tema. Hoje fomos ao Chile para buscar o exemplar que será discutido. O vinho em questão é o Luis Felipe Edwards Seleccion de Familia Gran Reserva Merlot 2013. Vamos ver o que podemos falar sobre ele?


A história de Viña Luis Felipe Edwards (LFE), produtora do vinho, remonta a 1976, quando Luis Felipe Edwards Sr. adquiriu a propriedade Fundo San José de Puquillay, localizado no Vale do Colchagua. A propriedade fica situada em um vale em forma de ferradura isolado, separado do majestoso e coberto de neve Andes pelo de seus cumes, San Fernando. Naquela época, ele plantou 60 hectares de vinhas, entre elas principalmente Cabernet Sauvignon, Malbec, Merlot e Carmenère. No início dos anos noventa, Luis Felipe Sr. decidiu fazer vinho com seu próprio nome e assim construiu uma moderna adega, equipada com a mais recente tecnologia no estado da arte da vinificação. A primeira safra, Luis Felipe Edwards Cabernet Sauvignon 1994, foi lançado no mercado internacional no final de 1995. A Viña Luis Felipe Edwards tem crescido desde então com o intuito de ser a maior empresa de vinhos de propriedade 100% familiar do Chile, com 1.850 hectares de vinhedos e tendo seus produtos exportados para mais de 70 países; duas gerações estão ativamente envolvidas em manter a marca sinônimo de qualidade e os valores familiares tradicionais nos dias de hoje.

Já sobre o Luis Felipe Edwards Seleccion de Familia Gran Reserva Merlot 2013, podemos acrescentar que apesar de rotulado como varietal (conforme legislaçao local) tem em sua composição 85% de uvas Merlot e 15% de uvas Carmenere de suas propriedades no Vale do Colchágua e são envelhecidos por um período mínimo de 12 meses em barricas de carvalho francês e americano. Vamos finalmente as impressões sobre o vinho?

Na taça o vinho apresentou uma bonita cor violácea de grande intensidade, bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas, em quantidade razoável e quase incolores também se faziam notar.

No nariz o vinho apresenta aromas de frutos vermelhos maduros, toques florais, de café com leite e madeira. 

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez e taninos marcados e presentes, mas de boa qualidade. Retrogosto confirma o olfato e o final era de média e saborosa duração.

Em um mercado inundado por vinhos hermanos (Chile, Argentina e em uma pequena quantidade, Uruguai) as vezes é bom separar o joio do trigo. Considero que este Luis Felipe Edwards Seleccion de Familia Gran Reserva Merlot 2013 seja parte do trigo, ainda mais pelo valor pago (R$ 39 no Pão de Açúcar). Eu recomendo. 

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário