sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Domaine Conté Selección de Barricas Carménère 2008

O leitor mais astuto do blog pode ter percebido que propositadamente eu não comentei sobre as bebidas que acompanharam minha refeição no iBistrot, em meu último post (aqui). Acontece que eu reservei um post específico para o vinho escolhido, uma vez que o mesmo não fazia contexto com o assunto tratado no post anterior. E chegou a hora de falar dele. 

O Domaine Conté é produzido no Chile pela Beringer Bless, empresa pertencente ao grupo australiano Foster’s – um dos maiores players do mundo das bebidas - e que tem sede na Califórnia. Elaborado 100% com a uva Carmenère, estagiou seis meses em madeira e possui teor alcoólico de 13,5%. Não consegui muito mais informações sobre o vinho, então vamos as impressões.

Na taça apresentou uma profunda cor rubi violácea com leve halo aquoso. Lágrimas abundantes, finas, coloridas e bem rapidinhas também apareceram.

No nariz o vinho se mostrou bem complexo e interessante, abrindo com aroma de licor de ameixas pretas, passando por côco e baunilha e depois de um tempo em taça muita especiaria/temperos, lembrando principalmente orégano e folhas secas. E o mais legal deste vinho é que nenhum destes aromas é aquela pancada na cara que os sulamericanos costumam ser. Os aromas apareciam mais modestos, elegantes. 

Na boca o vinho tinha corpo médio, boa acidez e taninos finos e bem integrados com o conjunto. No início se mostrou um pouco quente, mas arrefeceu com poucos minutos em taça. Confirmou o licor de frutas e deixou um final médio para longo lembrando ervas/chá. 

Um vinho honesto, que acompanhou bem o cordeio e o pene ao pesto, deixando o jantar ainda mais divertido.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário